terça-feira, 24 de novembro de 2009

As formigas



As formigas

Tracey Hill era menina num povoado de Connecticut, e se divertia com
diversoes proprias de sua idade, como qualquer outro doce anjinho de Deus no
estado de Connecticut ou em qualquer outro lugar deste planeta.
Um dia, junto a seus companheirinhos de escola, Tracey se pos a atirar
fosforos acesos num formigueiro. Todos desfrutaram muito daquele sadio
entretenimento infantil; Tracey, porem, ficou impressionada com uma coisa que os
outros nao viram, ou fizeram como se nao vissem, mas que deixou-a paralisada e
deixou nela, para sempre, um sinal na memoria: frente ao fogo, frente ao perigo, as
formigas separavam-se em casais e assim, de duas em duas, bem juntinhas,
esperavam a morte.


Livro dos Abraços - Eduardo Galeano

2 comentários:

  1. Era um dos meus passatempos favoritos de crianca, enquanto meu avo regava as hortas em tardes quentes de verao... olhar as formigas... seres extremamentes organizados e com um sentido de comunidade enorme.

    ResponderExcluir
  2. Olá, parabéns pelo blog! Venho aqui lhe convidar para cadastrar-se em nosso agregador de conteúdo e divulgar cada vez mais seu blog, gostaria muito se pudesse participar, é totalmente gratuito e um ótima maneira de divulgação, não deixe de participar com seus ótimos artigos, espero você lá: Nosso endereço http://linksdahora.com

    ResponderExcluir